Governo Provincial do Huambo
Política

Reafirmado papel do exército na exaltação dos valores patrióticos

O General Lúcio do Amaral discursava durante o acto de juramente à bandeira e encerramento do 12º curso de soldados das Forças Armadas Angolanas (FAA), que formou mil e 500 indivíduos das 18 províncias do país, no centro de instrução Heróis de Cangamba, no quadro do processo de reedificação, formação e adequação à nova filosofia de organização das Forças Armadas Angolanas.

“ O exército, como parte integrante das Forças Armadas Angolanas, é e continuará a ser uma escola onde são exaltados valores patrióticos, éticos e morais, mantendo sempre a convicção de que não existe missão mais nobre e sagrada que servir a pátria, pugnando pela defesa da paz, unidade e reconciliação nacional”, reafirmou o general.

Adiantou também que o reajustamento do exército é uma tarefa árdua a prosseguir, de forma a permitir que se transmita às novas gerações às tradições deixadas pelos ancestrais que orgulham os fiéis seguidores obedecendo lealdade ao povo, Estado e ao comandante em chefe das Forças Armadas Angolanas.

Paralelamente a estas tarefas, de acordo com a fonte, o exército participa igualmente no processo de reconciliação nacional tais como desminagem de áreas onde passam os postes de energia de alta tensão, estradas, pontes, caminho-de-ferro, aeroportos,
entre outras.

Deste modo, o comandante do exército exortou aos soldados recentemente incorporados no órgão, que o juramento à bandeira da República nas Forças Armadas, é cumprir os deveres militares mesmo que isso implica o sacrifício da própria vida.

Adiantou que é também assumir uma responsabilidade perante a nação e, que se resume em servir de forma coerente e honesta o seu povo.

“ Nesta conformidade, temos o prazer e sentido de dever em materializar mais uma das orientações emanadas superiormente ao presidirmos esta cerimónia que marca o culminar de mais um curso de instrução básica militar e juramento à bandeira da República, deste contingente de novos militares que a partir de hoje passaram a integrar as fileiras das Forças Armadas Angolanas “, disse o general Lúcio do Amaral.

A cerimonia de juramento e encerramento do 12º curso de soldados, que teve lugar no centro de instrução Heróis de Cangamba, a 14 quilómetros a leste da cidade do Huambo, para além de generais das Forças Armadas Angolanas, foi presenciado por membros da Polícia Nacional, autoridades tradicionais e população em geral.

FONTE: ANGOP

Galeria de Imagens